terça-feira, 29 de maio de 2012

História do Brasil


"Vimos as nossas tradições desnaturadas, os seus heroísmos infamados, falseada a essência da sua história (...) Inimigos, não caluniaram a Nação Brasileira como fizeram os seus historiadores, repetidos nos políticos. Em suas obras, confusas e opacas, desaparecem as qualidades características do povo, qualidades propositadamente escondidas, quando não são ostensivamente negadas."


"Para não desesperar do destino deste povo, houve que levar os olhos para a remota história do Brasil em formação quando as suas virtudes se pronunciaram: o nascer das tradições brasileiras, com os lances em que a nacionalidade se revelou e afirmou, uma “idade heróica”, em manifestação de valor pátrio capaz de fazer o orgulho de qualquer povo. A história desses dias longínguos, a cujas tradições nos acolhemos, será a montanha em beleza, altura que nos protegerá contra as emanações do paul em que nos encontramos. Lá em cima, com o anunciar da nacionalidade, gira um sopro de vivificante aurora: purifiquemo-nos, reanimemos nele." - Manoel Bomfim.



2. A Campanha de Itamaracá - As Primeiras Manifestações de Energia da Terra.
Com os potiguaras, tinham os franceses levantado grandes exércitos, temíveis pela bravura do gentio, a mestria do comando e a qualidade das armas. Sob as ordens de oficiais franceses, os valentes caboclos serviam-se dos canhões como aguerridos europeus. E os brasileiros tiveram que lhes opor poderosos exércitos coloniais, que foram os maiores da América, até aquele momento.



"Se os levasse, aospaulistas, o único e sórdido interesse de cativar índios, como se explicam asoutras expedições, como as de 1676 e 1691, contra Vila Rica do Espírito Santo econtra Santa Cruz de la Sierra, cidades urbanas onde não haviam índios acativar?” 

5. O Deturpamento Ideológico da Revolução Farroupilha:
"assinaremos a paz com império com o sangue do primeiro castelhano que cruzar a fronteira."

6. A Nacionalidade Vencedora! O Valor Militar dos Insurgentes.  
"Nessa época, o custo de armar e manter um exército era alto, razão pela qual a proporção entre efetivos e a população é relativamente pequeno comparado a outras épocas da história. A guisa de comparação, o maior exército do mundo na época era o espanhol, que não contava mais do que 15 mil homens. Na decisiva batalha  de Nieuwpoort em 1600, entre Espanha e Holanda, e que determinou a independência da Holanda, até então submetida a Espanha, contavam os holandeses 12 mil homens, contra 15 mil de Espanha."

7. Proclamação da República:
É com Floriano Peixoto que esse modelo se materializa. Forja-se um nacionalismo militante, a defesa da república empolga a população: o povo se engajou na defesa da República , integrando batalhões republicanos, participando de comícios e manifestações, houve uma mobilização espontânea.

8. Revolução de 30, A Demolição do Estado Liberal.
"A única que tivemos digna desse nome(Revolução de 30), pela profunda transformação social modernizadora que operou sobre o Brasil. Que, proscreveu do poder os coronéis-fazendeiros com seus currais eleitorais e destitiuiu os cartolas do pacto "café-com-leite".


9. A Contra-revolução de 1932.
"aquilo era sacanagem dos paulistas da UDN. Sempre achei isso. Porque nenhum filho de gente importante estava lá? Só estavam o povinho ou os ingênuos como eu. Foi uma das sacanagens mais bem armadas que eu já vi.". 

10. 64 - Um Golpe Contra o Nacionalismo Brasileiro.
O objetivo da ditadura era varrer os políticos ligados ao getulismo (sendo o comunismo apenas o pretexto invocado para o golpe). Golbery do Couto e Silva,  sempre foi transparente a esse respeito:
"expurgar da cena política brasileira os políticos ligados ao populismo getulista.". 




Nenhum comentário:

Postar um comentário