quinta-feira, 1 de março de 2012

BRASILIE REGIO, BRASILIA INFERIOR, BRASILIA AVSTRALIS – Os Nomes do Continente Antártico nos Mapas Antigos.

Um primeiro mapa de 1515, de autoria de Johannes Schöner, astrônomo e geográfo de Nuremberg, registra pela primeira vez a grafia do atual continente “Antártico” como “BRASILIE REGIO”. Posteriormente em 1520, Schöner publica uma atualização do seu mapa grafando o atual continente antártico como: BRASILIA INFERIOR, em referência ao Brasil grafado como BRASILIA.

Em 1531,Oronce Finé publicará um mapa com uma configuração muito similar a atual Antártica, designando como BRASIELIE REGIO uma área mais ocidental do que a assinalada anteriormente por Shöner. Shönner publicará em 1533 uma nova atualização do seu mapa, aparentemente, com base nesse mapa de Finé.

Finalmente em 1533, Schöner, publica seu Geographicum Opusculum uma copilação de mapas e anotações em um livro no qual define oque chama de Brasilia Australis como:  "uma imensa região em direção ao antarcticum recém-descoberto, mas ainda não totalmente conhecido, que se estende até Melacha e um pouco mais além; próximo a esta região encontra-se a grande ilha de Zanzibar".

Essa nomenclatura, em referência ao Brasil,  sugere ter os mapas fontes de origem portuguesa, provavelmente oriundo dos serviços de espionagem contra os segredos marítimos das cartas portuguesas chamadas “portulanos”. Um outro indicativo nesse sentido, observado nesses mapas, é a linha de 0º de Longitude, que passava pela ilha da Madeira, assinalada pelos portugueses como marco de medida das longitudes. Tudo isso, ratifica o conhecimento prévio da Coroa portuguesa na existência de terras ao sul: a Brasilia Australis.
   
    Brasilie Regio:

    Shöner, 1515.

             
             Basilia Inferior:

             Shöner, 1520.

ARTIGOS RELACIONADOS:

A Descoberta da Antártica pela Coroa Portuguesa:

Território Antártico Brasileiro:

Nenhum comentário:

Postar um comentário